Wakanda, significa o poder mágico interno. A Magia, a Sabedoria que temos dentro de nós. Todas as semanas será narrada uma história diferente. Uma lição de vida, uma aprendizagem. Conhecimentos, reflexões. Aqui sou a contadora de histórias

.Histórias recentes

. A partir de hoje estou aq...

. O tempo que nos resta...

. A Balança

. Samurai

. O princípe a raposa

. Lobos Internos

. O Rei e o Lobo

. Sacudindo a terra

. Projectos de vida

. Amigos são Anjos...

.No Baú

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. A Lua

CURRENT MOON

.Contacto:

e-mail
Escreve-me
Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2006

A Balança

Quando menino eu vivia brigando com meus companheiros de brinquedos. E voltava para casa lamuriando e queixando-me deles. Isto ocorria, as mais das vezes, com Beto, o meu melhor amigo.

Um dia, quando corri para casa e procurei mamãe para queixar-me do Beto ela me ouviu e disse o seguinte:

- Vai buscar a sua balança e os blocos.

- Mas, o que tem isso a ver com Beto?

- Você verá... Vamos fazer uma brincadeira.

- Obedeci e trouxe a balança e os blocos. Então ela disse:

- Primeiro vamos colocar neste prato da balança um bloco para representar cada defeito do Beto. Conte-me quais são.

- Fui relacionando-os e certo número de blocos foi empilhando daquele lado.

- Você não tem nada mais a dizer? Eu não tinha e ela propôs: Então você vai, agora enumerar as qualidades dele. Cada uma delas será um bloco no outro prato da balança.

Eu hesitei, porém ela me animou dizendo:

- Ele não deixa você andar em sua bicicleta? Não reparte o seu doce com você?

Concordei e passei a mencionar o que havia de bom no caráter de meu amiguinho. Ela foi colocando os blocos do outro lado. De repente eu percebi que a balança oscilava. Mas vieram outros e outros blocos em favor do Beto.

Dei uma risada e mamãe observou:

- Você gosta do Beto e ficou alegre por verificar que as sua boas qualidades ultrapassam os seus defeitos. Isso sempre acontece, conforme vocÇe mesmo vai verificar ao longo de sua vida.

É de fato. Através dos anos aquele pequeno incidente de pesagem tem exercido importante influência sobre meus julgamentos. Antes de criticar uma pessoa, lembro-me daquela balança e comparo seus pontos bons com os maus. E, felizmente, quase sempre há uma vantagem compensadora, o que fortalece em muito a minha confiança no gênero humano.

 

Do livro E, para o resto da vida...
de Wallace Leal V. Rodrigues

Sinto-me: Normal...
Ao som de: Silêncio...

Narrado por Wakanda às 07:45

linkar | Deixa um pouco de ti | Guardar
|

4 comentários:
De pdivulg a 14 de Dezembro de 2006 às 08:22
Temos de ser equilibrados...


De Secreta a 15 de Dezembro de 2006 às 15:14
Saber medir os defeitos e as qualidades das pessoas não é tarefa fácil , mas , inevitável quando queremos ser justos.
Bom fim de semana.
Beijito.


De isa&luis a 16 de Dezembro de 2006 às 18:33
Olá,
Gostei muito de te ler, palavras profundas e sentidas, momento de reflexão.

Devemos ser equilibrados no nosso julgamento.

FELIZ NATAL!

Beijinhos

Isa


De Jofre Alves a 17 de Dezembro de 2006 às 18:34
Passei para desejar boa semana preparatória do Natal e apreciar este sempre interessante blogue, atraente pela qualidade e desvelo inerente. A qualidade de braço dado com o bom-gosto.


Comentar post

.Wakanda

.Vasculhar

 

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Gosto de espreitar

.Na cabeceira

>

.Ao som de


Smashing Pumpkins
Mellon collie and the infinite sadness

.Participo:

Participa também!


blogs SAPO

.subscrever feeds