Wakanda, significa o poder mágico interno. A Magia, a Sabedoria que temos dentro de nós. Todas as semanas será narrada uma história diferente. Uma lição de vida, uma aprendizagem. Conhecimentos, reflexões. Aqui sou a contadora de histórias

.Histórias recentes

. A partir de hoje estou aq...

. O tempo que nos resta...

. A Balança

. Samurai

. O princípe a raposa

. Lobos Internos

. O Rei e o Lobo

. Sacudindo a terra

. Projectos de vida

. Amigos são Anjos...

.No Baú

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. A Lua

CURRENT MOON

.Contacto:

e-mail
Escreve-me
Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2006

O tempo que nos resta...

De súbito sabemos que é já tarde.

Quando a luz se faz outra, quando os ramos da árvore que somos soltam folhas e o sangue que tínhamos não arde como ardia, sabemos que viemos e que vamos. Que não será aqui a nossa festa.

De súbito chegamos a saber  que andávamos sozinhos. De súbito vemos sem sombra alguma que não existe aquilo em que nos apoiávamos. A solidão deixou de ser um nome apenas. Tocamo-la, empurra-nos e agride-nos. Dói. Dói tanto! E parece-nos que há um mundo inteiro a gritar de dor, e que à nossa volta quase todos sofrem e são sós.

Temos de ter, necessariamente, uma alma. Se não, onde se alojaria este frio que não está no corpo?

Rimos e sabemos que não é verdade. Falamos e sabemos que não somos nós quem fala. Já não acreditamos naquilo que todos dizem. Os jornais caem-nos das mãos. Sabemos que aquilo que todos fazem conduz ao vazio que todos têm.

Poderíamos continuar adormecidos, distraídos, entretidos. Como os outros. Mas naquele momento vemos com clareza que tudo terá de ser diferente. Que teremos de fazer qualquer coisa semelhante a levantarmo-nos de um charco. Qualquer coisa como empreender uma viagem até ao castelo distante onde temos uma herança de nobreza a receber.

O tempo que nos resta é de aventura. E temos de andar depressa. Não sabemos se esse tempo que ainda temos é bastante.

E de súbito descobrimos que temos de escolher aquilo que antes havíamos desprezado. Há uma imensa fome de verdade a gritar sem ruído, uma vontade grande de não mais ter medo, o reconhecimento de que é preciso baixar a fronte e pedir ajuda. E perguntar o caminho.

Ficamos a saber que pouco se aproveita de tudo o que fizemos, de tudo o que nos deram, de tudo o que conseguimos. E há um poema, que devíamos ter dito e não dissemos, a morder a recordação dos nossos gestos. As mãos, vazias, tristemente caídas ao longo do corpo. Mãos talvez sujas. Sujas talvez de dores alheias.

E o fundo de nós vomita para diante do nosso olhar aquelas coisas que fizemos e tínhamos tentado esquecer. São, algumas delas, figuras monstruosas, muito negras, que se agitam numa dança animalesca. Não as queremos, mas estão cá dentro. São obra nossa.

Detestarmo-nos a nós mesmos é bastante mais fácil do que parece, mas sabemos que também isso é um ponto da viagem e que não nos podemos deter aí.

Agora o tempo que nos resta deve ser povoado de espingardas. Lutar contra nós mesmos era o que devíamos ter aprendido desde o início. Todo o tempo deve ser agora de coragem. De combate. Os nossos direitos, o conforto e a segurança? Deixem-nos rir... Já não caímos nisso! Doravante o tempo é de buscar deveres dos bons. De complicar a vida. De dar até que comece a doer-nos.

E, depois, continuar até que doa mais. Até que doa tudo. Não queremos perder nem mais uma gota de alegria, nem mais um fio de sol na alma, nem mais um instante do tempo que nos resta.

 (Paulo Geraldo)

A todos um FELIZ NATAL!!!

Sinto-me: Natalícia
Ao som de: Eagle Eye Cherry - Save Togniht

Narrado por Wakanda às 09:08

linkar | Deixa um pouco de ti | Guardar
|

12 comentários:
De meialua a 18 de Dezembro de 2006 às 09:27
Cheiro de azevinhos, doces, alegria; musica, risos no ar; ternura no Coração! Que o teu Natal tenha isto e muito mais. Feliz Natal e um beijo com muito carinho*




De pdivulg a 19 de Dezembro de 2006 às 08:38
Votos de um excelente natal, na companhia de quem mais gostas!


De •G*I*S*M*I*L*I• a 19 de Dezembro de 2006 às 20:42
Ola querida amiguinha.Vim para avisar que esta disponivel no meu blog meu convite de aniversário para todas minhas miguxas como vc,então não deixe de passar la e pegar.Mega beijux


De Secreta a 20 de Dezembro de 2006 às 09:37
"Perdi-me" neste texto que partilhas hoje ...
Boas festas.
Beijito.


De Jofre Alves a 22 de Dezembro de 2006 às 06:02
Boas Festas, Santo Natal e Próspero Ano Novo, são os meus sinceros votos.


De Luis a 23 de Dezembro de 2006 às 09:40
Feliz Natal!
Um beijo
Luis


De Jofre Alves a 29 de Dezembro de 2006 às 17:38
No Minho temos um ditado popular que diz que «maior é o ano que o mês», por isso desejo a maior felicidade para o ano 2007.


De sonhador a 30 de Dezembro de 2006 às 23:38
Se a vida fosse um conto de fadas, eu faria um pedido ao gênio da lâmpada para todos vocês... Mas a vida é real e isso é ainda melhor, porque não vou precisar de uma lâmpada mágica para pedir ao Pai do Céu aquilo que meu coração, deseja para os meus amigos. É um pedido, um único pedido que vou fazer. É verdade, a idéia talvez seja original, mas não é minha, infelizmente.
Copiei essa idéia de um rei.

Peço a Deus que no próximo ano dê a cada um de vocês:


Sabedoria!

Adquirindo sabedoria, vocês automaticamente receberão todas as outras coisas.

Desejo, então que sejam sábios para:

- se vestirem com a beleza dos lírios dos campos;


possuírem o suficiente para que sejam cobertas todas as vossas necessidades, mas não o bastante para que pensem que não precisem de ninguém;

guardarem a fé mesmo nas provações;

em dificuldades, nunca pensarem que é o fim do caminho;



na felicidade, nunca se esquecerem de agradecer;

no amor, que sejam voluntários;

na dor, que sejam solidários;


em tempos de guerra, que a Paz possa reinar interiormente;

na amizade serem grandes e verdadeiros;

que vossas mãos sejam suficientemente quentes para, segurando a mão do próximo, aquecerem o mundo numa grande corrente de amor.


nunca pensarem que a felicidade é utopia;

nunca desacreditarem que o amor vence barreiras;

nunca se esquecerem de que temos um Pai que jamais vai nos abandonar;


e que essa sabedoria possa estar presente cada minuto pelo resto, não do ano, mas da vida inteira de cada um!

Faço aqui um brinde a todos vocês!

Tenham um sábio Ano Novo!

fica atenta a novidade apartir do dia 1 de janeiro.

sonho


De Secreta a 3 de Janeiro de 2007 às 11:53
Olá!
Passei para deixar o meu 1º beijito de 2007
Tudo de bom é o que te desejo.


De isa&luis a 3 de Janeiro de 2007 às 12:51
Olá menina,

Texto forte que nos faz reflectir num caminho a seguir.

Feliz 2007!

Beijinhos

Isa


Comentar post

.Wakanda

.Vasculhar

 

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Gosto de espreitar

.Na cabeceira

>

.Ao som de


Smashing Pumpkins
Mellon collie and the infinite sadness

.Participo:

Participa também!


blogs SAPO

.subscrever feeds